Se temos que lutar, nós lutamos. Se tivermos que correr, vamos correr. Se tivermos que morrer, morreremos, mas ... ficaremos livres.

- JAVIER ESCUELLA

Javier Escuella é um personagem recorrente na série Red Dead , aparecendo como personagem central e um antagonista secundário em Red Dead Redemption , e como um personagem principal em Red Dead Redemption 2 .

História[editar | editar código-fonte]

Background[editar | editar código-fonte]

JavierEscuellaBio.jpg

Javier Escuella nasceu em Nuevo Paraíso , México. O pai de Javier era um bêbado que trabalhava como operário nas terras do tio de Allende.

Quando era menino, Escuella testemunhou seu tio e quatro outros homens serem castrados e alimentados por porcos porque sugeriram um salário justo pros trabalhadores do local. Eventualmente, Javier se tornou um notório caçador de recompensas e revolucionário, lutando contra o que ele via como um sistema corrupto. Ele acabou matando um poderoso ex-militar em Punta Orgullo por causa de uma mulher por quem ele estava apaixonado.

Temendo que seus entes queridos sofressem se ele permanecesse no México, Javier fugiu para a América. No entanto, ele não falava inglês e acabou ficando fraco e faminto.

Em 1895, ao tentar roubar algumas galinhas, Javier encontrou Dutch van der Linde fazendo o mesmo. Os dois riram, e Dutch alimentou e vestiu Javier, oferecendo-lhe um lugar na Gangue Van der Linde após isso.

Escuella sentiu uma afinidade imediata com a gangue e seus membros; ele passou a ver a gangue como sua família e seu verdadeiro lar, enquanto idolatrava especialmente Dutch como um modelo revolucionário e se tornou ferozmente leal a ele.

Javier atuou como atirador para a gangue e esteve envolvido em uma série de roubos e vários outros crimes na fronteira. Um exemplo notável é um assalto a banco em Tucson, Arizona, que Javier roubou com Arthur e Karen .

Em algum momento, Escuella soube que sua mãe havia morrido e que sua irmã havia se casado. Apesar de sentir muita falta de ambos, ele não poderia voltar para o México porque seria morto se descoberto, então continuou leal à Dutch.

Algum tempo antes de 1899, Javier e Arthur tentaram roubar uma diligência depois de receber dicas de um homem da lei desonesto em Reno, Nevada. No entanto, eles decidiram deixar a diligência ir quando descobriram que ela estava cheia de mulheres e crianças. Para sua decepção, aquela diligência foi roubada pelos O'Driscoll Boys no dia seguinte, tendo todos os passageiros assassinados.

Em 1899, a gangue fugiu para o leste e acabou no estado de West Elizabeth . Eles estavam acampando fora da cidade de Blackwater quando Dutch pegou a pista de um barco que carregava uma grande quantia em dinheiro. A gangue tentou roubar o barco, mas o roubo deu errado quando os agentes de Pinkerton apareceram. Javier testemunhou o assassinato de uma jovem mãe chamada Heidi McCourt, que foi morta por Dutch, e participou do enorme tiroteio que se seguiu. A gangue posteriormente fez uma fuga desesperada para o norte, terminando nas montanhas nevadas de Ambarino.

Personagem[editar | editar código-fonte]

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Revolucionário, Escuella era um idealista firme que mantinha a lealdade acima de qualquer outra virtude e podia focar apaixonadamente sua vida a apenas uma causa. Isso permitiu que ele se conectasse com Dutch, a quem permaneceu inabalavelmente leal ao longo do tempo em que se conheceram.

Em 1899, Javier é visto como amigo da maioria dos membros da gangue e possui um forte senso de camaradagem. Ele parece ser um bom amigo de John Marston, voluntariamente se oferecendo para procurá-lo quando ele desaparece durante numa tempestade de neve, embora os dois se separem mais tarde, quando John começa a perder a fé em Dutch.

Sua amizade mais próxima parece ser com Bill, pelos dois terem pontos de vista semelhantes sobre Dutch. Além disso, Javier será aquele que tentará resgatar Bill se ele for capturado por caçadores de recompensas, Bill foi solicitado especificamente para cuidar de Javier em Guarma, Bill sentiu que poderia consolar Javier em quem é o "rato", e a dupla também parece fugir junta após o impasse. Em 1911, os dois ainda parecem amigos, já que Javier ajuda Bill a escapar da América e para o México.

Enquanto a gangue lentamente se desintegra, Javier continua apoiando Dutch; ele também hostiliza Arthur por desaprovar as decisões e liderança de Dutch. Ele acabou ficando do lado de Van der Linde durante um confronto com Arthur e John, embora sendo o único a não apontar o revólver para eles, mirando no céu. No entanto, a insanidade lentamente revelada do mentor e modelo de Javier teve um grande efeito sobre ele; Javier começa a perder a confiança em quem não é fiel ao líder da gangue, e Arthur nota como Javier mudou depois que este teve uma discussão com Charles.

John diz a Abraham Reyes em 1911: “Quando Dutch enlouqueceu, Javier agüentou mais do que qualquer um de nós. É como se tudo em que ele acreditasse fosse uma fraude". John também avalia que Escuella era uma figura complexa e paradoxal que era mais misantrópica do que aparentava, afirmando que ele era" um cínico que queria desesperadamente ser um romântico " e um "homem dilacerado" apesar de ser um revolucionário e idealista que estava empenhado em tornar o mundo um lugar melhor.

Em seu tempo livre, Javier pode ser visto freqüentemente tocando violão e cantando para membros da gangue Van der Linde, especialmente durante as refeições e festas. Sua paixão pela música é exemplificada ainda mais por sua tendência de compor suas próprias canções, o que encanta seus companheiros, pois significa que ele pode variar o entretenimento que oferece a eles com muita frequência. No entanto, Javier mostra-se bastante vaidoso, sempre estando impecavelmente vestido sempre que possível e tendo orgulho de sua aparência. Ele também não aceita qualquer forma de zombaria ou desrespeito, segurando uma faca na garganta de Bill ao ser chamado de “engraxador”, ameaçando cortar Sean com uma faca após ser ridicularizado e socando Micah na cara depois de ser dito para “ir de volta para o México” em tom de xingamento.

Em 1911, ele é uma sombra de seu antigo eu, trabalhando como assassino para o cruel tirano Coronel Allende . Ele aparentemente ainda gosta de John, apesar das circunstâncias. Enquanto ele apenas tentou falar para escapar da captura inicialmente, Javier se torna muito hostil depois que John o captura, amaldiçoando seu nome e sua família. Ele também diz que sempre pensou em John como um fraco.

Aparência[editar | editar código-fonte]

1899[editar | editar código-fonte]

Javier é um homem esguio, com cabelos pretos e pele escura, notadamente um bigode raspado no meio, com uma cicatriz proeminente na sobrancelha, muitas vezes escondida pelos cabelos.

De acordo com John, Javier tem aproximadamente 1 metro e 75 de altura.

1911[editar | editar código-fonte]

Sua aparência mudou um pouco desde 1899, seu rosto está enrugado, com algumas cicatrizes adicionais, além de parecer um pouco mais magro.

Em contraste com sua aparência nítida e limpa em 1899, em 1911 Javier parecia ter uma higiene precária e seu cabelo agora de comprimento médio parece bagunçado e despenteado, expondo sua cicatriz proeminente na sobrancelha e seu rosto ossudo.

Aparições[editar | editar código-fonte]

Red Dead Redemption[editar | editar código-fonte]

  • "The Gates of El Presidio"

Red Dead Redemption 2[editar | editar código-fonte]

  • "Enter, Pursued by a Memory"
  • "Old Friends"
  • "Who the Hell is Leviticus Cornwall?"
  • "Eastward Bound"
  • "Americans at Rest"
  • "The First Shall Be Last"
  • "A Strange Kindness"
  • "Horse Flesh for Dinner"
  • "Blood Feuds, Ancient and Modern"
  • "The Battle of Shady Belle"
  • "A Fine Night of Debauchery"
  • "Banking, The Old American Art"
  • "Welcome to the New World"
  • "A Kind and Benevolent Despot"
  • "Hell Hath No Fury"
  • "Paradise Mercifully Departed"
  • "Fleeting Joy"
  • "That's Murfree Country"
  • "A Rage Unleashed"
  • "My Last Boy"
  • "Our Best Selves"
  • "Red Dead Redemption"

Frases[editar | editar código-fonte]

Vamos, você não atiraria no seu próprio irmão, não é? Éramos uma família.

- JAVIER PARA JOHN

Por que você não volta pro inferno?

- JAVIER APÓS SOCAR MICAH

Por favor, não me deixe morrer assim!

- JAVIER PARA JOHN QUANDO É FERIDO

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Seu sombrero é uma versão um pouco mais larga do visto no Bandito Outfit .
  • Seu sobrenome "Escuella" está intimamente relacionado com "escola" em espanhol (Escuela). Por outro lado, "escollo", que soa um pouco parecido, tem significados diferentes, como armadilha, pedra de tropeço, recife, rocha, barreira, perigo oculto. Uma mistura de "escuela" e "escollo" pode significar que Escuella foi realmente um dos muitos obstáculos que Marston teve de enfrentar para ter sua família de volta.
  • A morte de Javier é aparentemente confirmada na missão " Old Friends, New Problems ", onde John diz a Abigail " Bill , Javier, Dutch . Eles estão todos mortos." Apesar do fato de que John pode poupar Javier, John ainda diz esta linha, provavelmente significando que Javier foi de fato enforcado após ser capturado. Além disso, Javier é confirmado como morto no jornal de 1914 como um dos membros da gangue Van der Linde que Edgar Ross foi creditado por eliminar.
  • Em " The Demon Drink " Allende menciona estar um pouco associado ao pai de Javier ao dizer "Escuella é desta província. O pai dele era um borracho, um bêbado que trabalhava como operário nas terras cultivadas pelo meu tio".
  • Se Arthur passar muito tempo longe do acampamento, Dutch irá enviar Javier para buscá-lo, dando-lhe a opção de fazer uma viagem rápida de volta pro lugar.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.